A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (12), em São Luís, Anderson Nogueira Silva, que responde a um processo por estupro de vulnerável e também por servir bebida alcoólica a menor de idade.

Essa é a segunda vez que Anderson acaba preso. Na primeira vez, ele foi preso após as investigações pelos crimes de estupro contra uma menor de idade, mas foi solto com a condição de usar tornozeleira eletrônica.

Porém, de acordo com o Ministério Público, Anderson vinha descumprindo os acordos com a Justiça ao deixar de carregar a bateria da tornozeleira eletrônica e violar a área onde deveria ficar. Isso teria acontecido ao menos 18 vezes enquanto ele estava em liberdade.

Baseado nos relatórios de monitoramento, a 9° Vara Criminal determinou uma nova prisão preventiva de Anderson, que foi reconduzido ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.