O grupo do atual prefeito de São João do Paraíso, Beto Regis (PCdoB), perdeu grandes aliados e ficou fragilizado para disputar as eleições, caminhando para uma possível derrota.

Beto perdeu recentemente o seu vice-prefeito, Zaquel Barros, que rompeu com o grupo, além de outras diversas lideranças, entre elas; ex-prefeito Daltro Filho, Marcos Vinicius, Rivaldo, entre outros.

Além de perde aliados, Beto declarou guerra aos que ousam ir contra sua vontade. Uma das vítimas da perseguição política do atual prefeito, foi o secretário de esportes, Josuel Pereira de Sousa, conhecido como “Carneiro”, que segundo informações de bastidores, teria participado do lançamento da pré-candidatura de Marcos Vinicius, ex-aliado de Beto. Ao saber da aproximação do secretário com o seu ex-aliado, a demissão foi dada como certa na manhã desta sexta-feira (21).

A demissão repercutiu de forma negativa no município, tendo em vista que o secretário foi um dos responsáveis pela vitória de Beto, pois sempre esteve ao seu lado, sendo um fiel militante.

O secretário se manifestou nas redes sociais e lamentou o ocorrido.

“Quero dizer para todos vocês desportistas que tentei fazer o melhor com muitas dificuldades, mas conseguir fazer algo pelo esporte de Paraíso” lamentou o secretário.

“Saio de cabeça erguida, não fui o pior secretário de esportes de Paraíso” Completou.