Candidatos que buscam uma vaga em medicina na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – na modalidade ampla concorrência – enfrentam a nota de corte mais alta para o curso no país. De acordo com a primeira parcial do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) divulgada na madrugada desta quarta-feira (22), seria preciso ter ao menos 928,13 pontos para ficar com uma das 25 vagas oferecidas aos futuros médicos.

O Sisu é o sistema do Ministério da Educação (MEC) que seleciona estudantes para vagas em universidades públicas com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção começou na terça e vai até as 23h59 de domingo (26).

As notas são atualizadas pelo MEC em balanços parciais uma vez por dia. Com base nas notas de corte, os alunos avaliam se têm a pontuação suficiente e em qual posição ficam na concorrência por uma vaga.

A nota de corte mais baixa para medicina, na primeira parcial, era de 717,97 pontos na Universidade Estadual do Piauí (Uespi), segundo um levantamento feito pelo G1 com base nas informações divulgadas pelo Ministério da Educação no site do sistema.

Na edição 2020, 77 das 128 instituições participantes do Sisu 2020 oferecem cursos de medicina. Ao todo são 2.074 vagas em medicina na modalidade de ampla concorrência neste primeiro semestre.

Há ainda vagas em disputa na modalidade ações afirmativas, que incluem, por exemplos cotas raciais ou reserva de vagas para deficientes e outros públicos.