Um verdadeiro esquema milionário na Prefeitura de Bela Vista,  a cerca de 175 km de São Luís, pode está sendo usado para desviar recursos públicos usando empresas do vice-prefeito do município. Entre elas a Roseno Comércio de Derivados de Petróleo Ltda, empresa que tem como sócio o vice-prefeito do município,  Josiel Roseno Oliveira e sua esposa,  Idejane Fernandes Lopes.

Além dela, outra empresa ligada ao vice, vem faturando na gestão, trata-se da L. J. O. Roseno – Churrascaria, encarregada do fornecimento de refeições prontas para Prefeitura Municipal de Bela Vista.

Ambas vão faturar em 2020 dos cofres públicos mais de 1 milhão da gestão do atual prefeito Augusto Filho em plena pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Os contratos fere diversos princípios da administração pública e pode levar o prefeito e o vice a perca do mandado, por improbidade administrativa. Resta agora aguardar uma resposta imediata do Ministério Público, já que ambos estão desafiando a Justiça no Estado do Maranhão.

Augusto Filho e o vice, Josiel Roseno, foram eleitos com um discurso prometendo uma gestão diferenciada, no inicio deste ano, após novas eleições no pequeno município. A eleição fora de época aconteceu porque o prefeito eleito em 2016, Orias de Oliveira Mendes (PCdoB) e a vice, Vanusa Santos (MDB) tiveram os mandatos cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por abuso de poder político e conduta vedada a agente público.

Abaixo os extratos dos contratos para download.

EXTRATO DO CONTRATO – CHURRASCARIA

EXTRATO DO CONTRATO – POSTO

EXTRATO DO CONTRATO – POSTO II