A gestão do prefeito de Kabão em Cantanhede, contratou por mais de R$ 2 milhões, uma empresa velha conhecida do Ministério Público, para construção de uma escola de apenas 06 salas, usando como fonte de recursos, repasses federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB).

 

Trata-se da empreiteira IOS Empreendimentos Eirelli-EPP, que fica localizada na cidade de Matões do Norte e é alvo de diversas denúncias de fraude. A mesma já mudou de sócios diversas vezes e de nome, após ser alvo de investigações. A IOS Empreendimentos foi fundada em 6 de janeiro de 2014 como Brito e Dias Ltda., com um capital social de R$ 200 mil divido pelos sócios Ramon Mendes de Brito, com R$ 160 mil de participação e Luís Guilherme Paiva Dias com R$ 40 mil de participação.

Empresa pode ter sido criada em nome de laranjas na época

Em 2016, Ramon Mendes deixou a sociedade passando sua parte de cotas da empresa ao jovem Luís Guilherme Paiva Dias. Nesse mesmo ano, misteriosamente, o valor de capital social da empresa mais que dobrou, pulando de R$ 200 mil para R$ 3.500.000,00 (três milhões e quinhentos mil reais). Ou seja, um crescimento de quase 200 vezes em menos de dois anos, após sua criação.

Segunda alteração da empresa

Desde a sua criação a IOS Empreendimentos, que na época se chamava Brito e Dias LTDA, é alvo de diversas investigações do Ministério Público em vários municípios. Em uma delas envolve o município de Lajeado Novo, onde a empresa foi investigada por fraude: “Chegou-se à convicção de que efetivamente o processo licitatório realizada pelo Município de Lajeado Novo foi realizado de modo fraudulento, e em desacordo com os preceitos legais exigíveis aos negócios realizados pela Administração Pública.” diz um dos trechos da Ação Civil Pública por ato de Improbidade Administrativa. Na época a empresa foi contratada para realização das obras de recuperação de estrada vicinal no Povoado Canto do Rio.

Reprodução: Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão

Alvo de diversas investigações do Ministério Público em diferentes municípios maranhenses, a empresa Brito e Dias LTDA, mudou de nome e passou a se chamar de IOS Empreendimentos. A empresa também, mudou novamente de sócio, de Luís Guilherme Paiva para Ananias Ferreira Paiva Neto, que atualmente é propriétário da empresa. Tudo entre família, para não chamar mais atenção do Ministério Público.

Luís Guilherme Paiva Dias

A IOS Empreendimentos apesar de hoje faturar milhões em prefeituras do Maranhão, na manutenção da iluminação pública, já teve como atividade principal a “impressão de material para uso publicitário”, é o que mostra um alvará de funcionamento da cidade de Matões do Norte, na época que a empresa ainda se chamava Brito e Dias LTDA. Porém, após ser alvo das investigações, a empresa que mudou de nome e de sócios por várias vezes, tem hoje como atividade principal, “serviços de engenharia”. Veja abaixo.

 

Empresa foi criada para “impressão de material para uso publicitário” e hoje fatura milhões em recursos federais através dos serviços de engenharia

O que chama mais atenção, é que a empresa é um tipo de faz de tudo, serviços de engenharia, fornecimento de material para iluminação pública e o mais grave, fornecimento de gêneros alimentícios, deixando claro que a empresa não tem capacidade técnica, nenhuma para fornecer “Gêneros Alimentícios”, já que tem como ramo principal, serviços de engenharia. Na próxima reportagem, vamos mostrar quantos milhões a empresa já lucrou e quais municípios ela vem atuando. IOS deve ser denunciada nos próximos dias na Controladoria Geral da União e no Ministério Público Federal.