O tradicional carnaval de Porto Franco, é tradição no município e região. Mas o que chama atenção por trás da festa carnavalesca, é a contratação de uma pequena empresa do município de Itinga do Maranhão, pela gestão de Deoclides Macedo (PDT), por quase R$ 1 milhão para realizar o evento.

Trata-se da empresa V H DA COSTA ALVES com capital social de R$ 100 mil reais, que de acordo com dados da Receita Federal, tem como atividade principal o “comércio varejista de bebidas”, e foi aberta no dia 02/12/2019, como Microempresa (ME). Ou seja, apontando para a falta de capacidade operacional para gerir o contrato de R$ 715.569,00, realizado com a Prefeitura de Porto Franco.

Contrato de mais de R$ 700 mil com distribuidora de bebidas

O contrato foi realizado através de adesão a uma Ata de Registro de Preços e assinado em 29 de dezembro de 2013. Além do contrato de quase R$ 1 milhão com a “distribuidora de bebidas”, a gestão de Deoclides Macedo, realizou duas contratações diretas com duas bandas no valor de quase meio milhão. Conforme imagem abaixo.

Contratação direta de duas bandas por 490 mil reais
Contratação direta de duas bandas por 490 mil reais

No final do ano de 2023, a Prefeitura de Porto Franco já havia sido alvo de denúncias, feitas por vereadores do município, que apontaram um gasto de quase R$ 1 milhão com a festa de réveillon. Segundo eles, a saúde, educação e outros setores estariam sendo penalizadas com a falta de investimentos necessários, diante dos gastos milionários com festas.