A BR-226 teve o seu trânsito liberado após negociações entre a Polícia Federal Rodoviária com lideranças indígenas.

A via foi bloqueada por índios da etnia Guajajara após o atentado que matou dois caciques e feriu outros dois indígenas no sábado (7), no município de Jenipapo dos Vieiras.

Por conta do bloqueio, foi registrado um congestionamento de veículos de mais de 1,5 quilômetro.