Uma carreta carregada com 35m³ de carvão vegetal foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta quarta-feira (28) na BR-135, em São Luís. O carvão estava sem a documentação ambiental e fiscal.

Segundo a PRF, o condutor do veículo afirmou que transportava 530 sacos de carvão de origem nativa e que era apenas o motorista contratado pelo proprietário do caminhão para o transporte e que ganharia cerca de R$ 400 por viagem. O motorista disse ainda que sua viagem começou em Anapurus que entregaria a carga em Paço do Lumiar.

Logo em seguida, se apresentou à PRF o contratante do veículo e o proprietário do veículo e da carga. Eles declararam que adquiriram a mercadoria em Anapurus de diversos produtores e que deixa sob a responsabilidade de uma pessoa chamada ‘Juca’. Eles afirmaram ainda que sabiam que a atividade era ilegal.

Após a constatação de crime por transportar, adquirir ou vender carvão sem licença, a PRF apreendeu o veículo e a carga, que ficarão à disposição do IBAMA.