A Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento na manhã da última quinta-feira (12), em Bacabal, no Residencial Terra do Sol, a mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara Criminal de Bacabal em desfavor de Luis Carlos Passos da Costa, por crime de estupro de vulnerável com vítima maior de idade, do sexo masculino.

De acordo com a investigação o técnico de enfermagem havia sedado em Janeiro deste ano um paciente que chegou ao Hospital Geral de Bacabal, para praticar ato sexual sem o consentimento da vítima.

Segundo a vítima, um jovem de 20 anos, tudo aconteceu na sala onde aconteceria a limpeza dos ferimentos, estava ele, o técnico e outra enfermeira, que saiu do local a pedido de Luís Carlos. A vítima relatou ainda, que o técnico teria pego a sua mão e colocando para apalpar as suas partes genitais, tentado em seguida, tirar a sua roupa. Momento em que o paciente saiu correndo e caiu no corredor do hospital, ocasião em que se feriu, devido a uma agulha do soro que ainda estava no seu braço. Populares que estavam no local, socorreram a vítima, que denunciou o caso a direção do hospital, na época.

Assim que soube que a vítima fez a denúncia na 16ª Delegacia Regional de Polícia Civil e que a direção do hospital tinha desligado ele do quadro de prestador de serviço, Luís Carlos, se evadiu da cidade e se homiziou em um município vizinho, segundo ele, com medo de represarias.

A prisão foi realizada com ajuda de denúncia anônima avisando que o suspeito estaria em sua residência no residencial Terra do Sol, como os policiais já estavam de campana desde a denúncia, tiveram êxito na prisão do mesmo.

Ainda segundo informações, existe depoimentos de outras pessoas que relatam terem sido vítima de Luis Carlos.